9 semanas de gestação e o desenvolvimento fetal

9 semanas de gestação e o desenvolvimento fetal

0 Comentário
Gestação

Durante o segundo mês de gravidez que corresponde a 9 semanas de gestação toda mamãe fica preocupada com o desenvolvimento fetal. Nesse período o feto perde a cauda e fica mais parecido com um ser humano, sua cabeça já tem o formato arredondado e seus órgãos ainda estão em processo de formação

Desenvolvimento fetal

O feto com 9 semanas de gestação possui tamanho de 2,5 cm e pesa apenas 2 gramas, sua cabeça ainda muito pequena tem a metade de seu tamanho, seus olhos ainda estão separados e suas orelhas estão em formação, as pernas são ainda muitos curtas e seu intestino ainda está dentro do cordão umbilical.
No exame de ultrassom já podem ser visto os tornozelos, os dedos das mãos e dos pés, seus braços já formados podem flexionar.

O feto com 9 semanas de gestação já pode se mexer?

Sim, o feto com 9 semanas já começa se movimentar dentro da barriga da mãe, sua pulsação já esta mais forte, seus ombros, cotovelos e joelhos já se movimentam, porém, a mãe ainda não pode sentir.
Nesta fase o cérebro já começa se formar, o bebê começa a sentir os sons que são emitidos pela mãe, que já pode conversar e cantar para seu bebê.

9 semanas de gestação

Alimentação da gestante no 1º trimestre

O inicio da gravidez é sempre marcado pelos enjoos e náuseas, mas é necessário que a gestante tenha uma alimentação saudável para ajuda-la a repor os nutrientes que agora são indispensáveis para o desenvolvimento do bebê.
A gestante deve consumir com moderação alimentos gordurosos e açucarados, e consumir ao longo dia alimentos que contém complexo de ferro e ácido fólico.
Veja a tabela abixo:

  • – Leite, iogurte e queijo: 2 a 3 porções por dia
  • – Carnes, aves, peixes e ovos: 2 a 3 porções por dia
  • – Vegetais: 3 a 5 porções por dia
  • – Frutas: 2 a 4 porções por dia
  • – Pão, cereal, arroz e massas: 6 a 11 porções pro dia

O ganho de peso na gravidez deve sempre ser repeitado a partir da indicação medica, pois o sobrepeso pode causar graves problemas para a gestante que pode desenvolver diabetes gestacional, hipertensão e pré-eclampsia e prejudicar o bebê que pode nascer com epilepsia devido ao sobrepeso corporal da mãe.

Tags:, ,

Deixe seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *