Dermatite atópica- causas, tratamento e prevenção

Dermatite atópica- causas, tratamento e prevenção

0 Comentário
Doenças

Dermatite atópica

A dermatite atópica é a inflamação da pele, caracterizada como uma doença crônica que apresenta erupções que causam coceira seguidas e crostas, seu aparecimento é mais comum nas dobras dos braços e parte de trás dos joelhos, geralmente a doença se manifesta na infância e agrava com o passar dos anos, em crianças com menos de 1 ano de idade, a dermatite atópica pode afetar todo o corpo.

Na idade adulta a dermatite atópica afeta áreas como mãos e pés, não é recomendado coçar a ferida, pois pode trazer serias complicações agravando os sintomas. A maioria das pessoas que tem a doença podem desenvolver rinite alérgica ou asma.

dermatite atópica

Causas da dermatite atópica

A causa da dermatite atópica ainda é desconhecida, mais acredita-se que pode estar envolvida a fatores genéticos, disfunção do sistema imunitário, exposição ambiental ou problemas na permeabilidade da pele.

Certos casos como o de gêmeos, se um for afetado a probabilidade de infecção no outro é de 85%, esta doença é mais comum em pessoas que residem em cidades onde o clima é seco e não é contagiosa.

Fatores de risco

De acordo com os médicos, a dermatite atópica pode se desenvolver em casos como:

  • – Alergia a mofo, ácaros pólen e animais
  • – Pele muito seca
  • – Exposição a ambientes que irritam a pele;
  • – Sabonetes ou fragrâncias que contém corantes

Dermatite atópica-1

A dermatite atópica pode afetar as pessoas em qualquer idade, sendo mais comum em crianças, quando os adultos se apresentarem a doença é porque carregam desde a infância, pois somente 1% dos adultos que tem a doença tiveram seu início na adolescência.

Procure um médico se:

  • – Sentir dor na pele
  • – Houver infecção na pele
  • – Usou algum produto que desencadeou coceira ou dor na pele
  • – Se os sintomas estiverem prejudicando suas atividades diárias

Sintomas da dermatite atópica

Os sintomas da dermatite atópica é caracterizada por pele seca, com coceira e manchas que podem desenvolver lesões inflamatórias e cortes na pele, entre os sintomas mais conhecidos estão:

  • – Sangramento ou secreção
  • – Machucados na pele devido a coceira
  • – Mudanças na cor da pele seja para a cor mais clara ou mais escura
  • – Inflamação ou vermelhidão ao redor do ferimento

Por ser uma eczema, a dermatite atópica pode ser confundida com outras doenças de pele como a dermatite de contato ou a psoríase.

Diagnóstico da dermatite atópica

dermatite atópica-2

O diagnóstico da dermatite atópica geralmente é feito no consultório médico, através da consulta de rotina e pelo o exame feito na pele.

Dermatite atópica tratamento

O tratamento da dermatite atópica pode ser longo, pois a doença é persistente e não tem cura e vários tratamentos deverão ser experimentados para controle da doença. Para cada caso existe um certo fator que desencadeia as crises, porém quando a pessoa entra em contato com o agente causador ocorre o reaparecimento.

Desencadeadores das crises

  • – Sabonetes antibacterianos
  • – Banhos muito quente
  • – Contato com água do mar ou piscina
  • – Ácaros, pólen ou poeira
  • – Suor excessivo
  • – Roupas de lã
  • – Contato direto com sabão ou detergente

No início do tratamento, o foco é primeiramente limpar e fazer hidratação da pele para que fique mais saudável, o tratamento será feito a base de pomada para dermatite atópica e cremes hidratantes que contém pouca água, como é o caso do Eurecin, Cetaphil e do Mustela.

pomada para dermatite atópica

Caso este tratamento não seja eficaz, outros métodos serão testados como:

  • – Cremes corticoides – pomada para dermatite atópica ajudam a diminuir a coceira, o inchaço e a vermelhidão
  • – Cremes para preparo da pele – ajudam aumentar as defesas da pele mantendo seu aspecto normal
  • – Remédios antialérgicos – aliviam as crises de coceira e ajudam na hora de dormir
  • – Fototerapia – método utilizado somente nos casos mais graves em que os sintomas não podem ser controlados, pois o procedimento expõe a pele a raios ultravioletas para reduzir a vemrelhidão e o inchaço
  • – Suor excessivo
  • – Roupas de lã e de tecido sintético
  • – Contato direto com sabão ou detergente

Tratamento caseiro para dermatite atópica

Em 1 litro de água fria, coloque 1 xícara de chá de aveia e misture. Aplique a mistura sobre a área afetada e deixe agir por 15 minutos, após o tempo indicado lave a área com água morma e sabão neutro, seque com cuidado sem esfregar com muita força.

Dicas para manter a pele saudável

  • – Evite perfumes e loções
  • – Evite contato com desencadeadores da doença
  • – Evite banhos prolongados e quentes
  • – Tenha o hábito de usar hidratantes para pele seca
  • – Evite roupas de lã ou de tecido sintético
  • – Evite lugares quentes que favorecem a transpiração

Prevenção

Não se pode evitar o aparecimento da dermatite, pois a doença se desenvolve a partir de fatores genéticos, porém para preveni-la e evitar que as crises apareçam basta manter a pele sempre hidratada evite agentes que desencadeiam a doença.

Links Relacionados!

  • Cuidados com a pele do bebê
  • Brotoejas nas crianças:prevenção e tratamento!
  • Tags:, ,

    Deixe seu Comentário

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *