Microcefalia: tratamento, causas e prevenção

Microcefalia: tratamento, causas e prevenção

0 Comentário
Doenças, Gestação

O que é a microcefalia

A microcefalia é uma consequência da má formação do feto na gravidez, onde o cérebro e a cabeça do bebê não se desenvolve normalmente influenciando seu desenvolvimento mental. A cabeça de um bebê com microcefalia é menor do que a cabeça de um bebê normal.
A microcefalia ocorre quando o tamanho da cabeça de uma criança com 1 ano e 3 meses é menor que 42 cm. É uma doença grave e que não tem cura, impossibilitando a pessoa de realizar suas atividades diárias sozinhas e deixando-a totalmente depende de outras pessoas para sobreviver.

Causas

Uma das causas da microcefalia é quando o crescimento do cérebro da criança é bem abaixo do normal, isso pode ser descoberto quando o feto encontra-se no útero da mamãe ou já na infância da criança. Esta doença pode ser genética e causada por diversos fatores:

  • – Consumir álcool e drogas como a cocaína e heroína na gravidez.
  • – HIV na gestação
  • – Fenilcetonúria materna
  • – Desnutrição na gravidez
  • – Meningite
  • – Rubéola congênita

Doenças Genéticas que podem causar a microcefalia

  • – Síndrome de Down
  • – Síndrome de Edwards
  • – Síndrome cri du chat
  • – Síndrome de Seckel

De acordo com o Ministério da Saúde houve no Brasil no ano de 2015, 270 casos confirmados de bebês que nasceram com microcefalia, sendo diagnosticada a doença por infecção congênita e não causada pelo Zika vírus.
Em Abril deste ano (2017), foi divulgado também pelo Ministério da Saúde que houve 246 casos ligados ao Zika vírus.
Foi confirmado 936 casos que ainda estão sendo investigados para detectar sua causa, foi declarada situação de emergência no país.
O Ministério da Saúde declara também que houve 25 casos de mortes em fetos causadas pelo vírus e 33 mortes causadas pelo sistema nervoso central, que são os abortos.
No país ao todo foram confirmados 4.180 casos com suspeita de microcefalia, sendo a maior parte em Pernambuco com 1.125 casos, Paraíba com 497, Bahia 471, Ceará 218, Sergipe 172, Alagoas 158, Rio Grande do Norte 133, Rio de Janeiro 122 e Maranhão 119.

Microcefalia sintomas

Os sintomas da microcefalia é muito característico, pois o tamanho da cabeça é menor do que a de uma criança que não possui a doença.

Grau da microcefalia

  • – Primária: causa paralisia, convulsão, atraso mental e atrofia muscular
  • – Secundária: causa o atraso mental, paralisia, convulsão e deficiência nos musculos

Consulta médica

Na tabela abaixo saberemos quais especialista devemos procurar para o diagnosticar da microcefalia.

  • – Clínico geral
  • – Neurologista
  • – Pediatra
  • – Neurologista infantil

No dia da Consulta médica

Lembre-se de tirar todas as suas duvidas e levar todas as informações do caso, uma dica muito importante é levar tudo anotado em um papel e bem organizado, pois isso ajudara e muito o especialista no diagnostico.

Diagnóstico da microcefalia

A microcefalia pode ser diagnosticada ainda na gestação durante o pré-natal, podendo ser confirmada logo após o nascimento, onde é feita a medida do tamanho da cabeça do bebê.
Exames como tomografia computadorizada e ressonância magnética podem ser realizados para medir o grau da doença, onde o médico explicará aos pais quais consequências vai acarretar seu filho durante o processo de desenvolvimento.

Tratamento para a microcefalia

Não existe tratamento para esta doença, pois não tem cura, os métodos que serão realizados com a criança só irá ajudar no processo de desenvolvimento mental.
No segundo mês de vida do bebê pode ser feita uma cirurgia para separação do osso do crânio, essa cirurgia vai evitar a compressão cerebral. A criança poderá também fazer uso de remédio para ajudar na tensão muscular, fazer fisioterapia e hidroginástica que ajudará no desenvolvimento físico.

microcefalia fotos

Prevenção da microcefalia

Antes de engravidar o indicado é procurar um médico para exames que possam indicar eventuais doenças e fazer a prevenção, pois se a causa for genética é mais fácil de cuidar.
Para prevenir a microcefalia o indicado é:

  • – Fazer o acompanhamento de pré natal;
  • – Não tomar bebidas alcoólicas durante a gestação;
  • – Não fazer a auto medicação;
  • – Usar mosquiteiros;
  • – Evitar uso de roupas aberta que exponha o corpo em lugares considerados de risco e usar sempre um repelentes.

Tags:,

Deixe seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *