Hiperemese gravidica ou vômito em excesso

Hiperemese gravidica ou vômito em excesso

0 Comentário
Doenças

Hiperemese gravidica significa vômito excessivo na gravidez, que é uma complicação que tem como característica náuseas e vômitos graves que provocam a perda de peso e desidratação.

Sinais e sintomas da hiperemese gravidica

Entre os sinais e sintomas estão vomitar várias vezes ao dia seguido da sensação de desmaiar.

Os sintomas da hiperemese gravidica são mais graves do que os sintomas que as gestantes sentem pela manhã ao acordar, na maioria das vezes os sintomas podem melhorar após a 20ª semana de gravidez, mas pode pode persistir durante toda a gestação.

A hiperemese gravidica tem por definição mais de 3 episódios de vômitos ao dia ocasionando perda de peso equivalente a 3 quilos e você não conseguirá fazer com que a náusea melhore.

vômitos na gravidez

Causas

As causas da hiperemese gravidica ainda não é exata, mas acredita-se que é causada pelos autos níveis do hormônio HCG, hormônio que é produzido pela placenta no período gestacional.

Mulheres com nível alto de HCG são mais suscetíveis a hiperemese, por exemplo, mulheres que estão grávidas de gêmeos tende a desenvolver a hiperemese, pois a placenta é maior e produz mais hormônio.

Riscos da hiperemese gravidica

Antigamente este sintoma era uma das causas de morte mais comum na gravidez, afetando 0,3 a 2% das gestantes.

Mulheres que desenvolvem este sintoma tem baixo risco de aborto espontâneo, porém com risco mais risco mais alto para parto prematuro.

Fatores de risco

  • – Gravidez de gêmeos
  • – Casos de hiperemese gravidica na família
  • – Ter doenças no fígado
  • – Ter distúrbios na tereóide

Tratamento

O tratamento para a hiperemese gravidica é simples e consiste na ingestão de líquidos e uma dieta equilibrada e leve. Entre as orientações estão terapia de reidratação oral e uma dieta rica em proteínas.

Em ralação a medicação são preferenciais a piridoxina e a metoclopramida, caso não sejam eficazes outros medicamentos como proclorperazina, dimenidrinato ou ondansetrona, poderão ser indicados, siga sempre a orientação médica respeitando as doses e os horários.

Tags:, ,

Deixe seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *